Inicial / Notícias / Assembleia Formativa 2019 da CRB/RS

Assembleia Formativa 2019 da CRB/RS

Nos dias 09 a 11 de agosto de 2019, no CECREI – Centro de Espiritualidade Cristo Rei, em São Leopoldo/RS aconteceu a ASSEMBLEIA FORMATIVA da CRB/RS. Sob a bênção de Deus, a oração levou o grupo à “Casa de Betânia”, com encenação da passagem bíblica de Jo 11,1-45.

A apresentação da Assembleia deu-se de forma dinâmica e acolhedora, seguida da palavra de Ir. Aldinha, coordenadora da CRB/RS, com a seguinte mensagem:

“Queridos Provinciais, Coordenadores dos Grupos e Núcleos. Ao iniciarmos nossa Assembleia, tenho certeza que todos nós fomos impelidos e impulsionados pela esperança na VRC, razão pela qual estamos aqui, bem entusiasmados. A vida religiosa consagrada, com sua diversidade de carismas, é chamada a ser sinal profético no mundo de hoje, sendo presença misericordiosa junto às novas pobrezas. Faz-se necessário um novo êxodo, a fim de assumir corajosamente a vida de tantos irmãos e irmãs, que se encontram fora da margem, ameaçados, violentados, excluídos, pela força opressora do poder político e econômico, que estão matando muitas vidas.  O Papa Francisco desafia os consagrados a serem criativos, proféticos, e que repensem as estruturas inadequadas, as atitudes desumanas e os métodos da evangelização, em vista de uma nova cultura missionária, sem medo de sujar as mãos, os pés na lama e na poeira. É lá, se encontra o nosso solo sagrado. Precisamos oferecer uma profecia que o mundo possa ver, através de nossas ações, de nossas atitudes, de nosso testemunho de consagrados e consagradas. Como Maria, nas Bodas de Caná, atenta às necessidades do banquete, mudemos, também nós, a vida ameaçada em vinho novo, para a festa da vida: “Fazei tudo o que ele vos disser” (Jo 2,5). E isso é para agora. Uma excelente Assembleia”.

Na sequência, Frei Vanildo apresentou os PALESTRANTES: Nelson Liovanelli Rozendo dos Santos, da Fazenda Esperança, de Guaratinguetá/SP e Irmã Maria Luiza Morschel, ND, que abordaram o tema: Abusos do poder, da consciência, sexual e tráfico humano.

As Superioras Gerais: Irmã Marlise, das Irmãs do Imaculado Coração de Maria e Irmã Iriete, das Irmãs Franciscanas de Nossa Senhora Aparecida, que estiveram presentes na UISG (União das Superioras Gerais), em Roma, em seus relatos e reflexões, ressaltaram a luta pela dignidade humana e o papel das religiosas na igreja, especialmente onde os sacerdotes necessitam de ajuda. Destacaram ainda que o Papa Francisco ao falar da missão da vida Religiosa, assim se expressou:  “Serviço, sim; servidão, não!”

Irmã Maria Luíza deu continuidade à reflexão, tratando sobre Vida Religiosa Consagrada numa cultura fragmentada, na era da inteligência artificial. Questionou a assembleia, diante da Horizontalização da sociedade – estrutura plana de organização – modernidade líquida – instabilidade e vulnerabilidade (ideia de padrão é pouco relevante) – cultura da vitimização e punição. Fez referência às pessoas tóxicas dizendo que é um padrão de comportamento contraproducente que debilita os outros ao seu redor, toda a comunidade e, a longo prazo, a instituição. Nesse contexto, como viver a Vida Religiosa Consagrada? Lembrou que somos responsáveis pela saúde da congregação.

Irmão Edgar Genuíno Nicodem, em nome da CRB Nacional, marcou presença na Assembleia Formativa, com a missão de fazer o repasse da Assembleia Eletiva da CRB Nacional, acontecida nos dias 10 a 14 de julho de 2019 e, a convite da CRB/RS para aprofundar o tema: Teologia da Vida Religiosa Consagrada.

A eleição da Diretoria da CRB Nacional, que ficou assim constituída:

Presidente da CRB Nacional – Ir. Maria Inês V. Ribeiro

Diretoria:

Irmã Ana Teresa Pinto, fma

Padre Antonio Ramos de M. Neto, osj

Irmã Eliene de Oliveira Barros, rbp

Irmã Maria José Barbosa dos Santos, bdp

Padre Nivaldo Luiz Pessinatti, sd

Irmão Olavo Dalvit, fsc .

Eleitos para o Conselho Fiscal:

Padre João Geraldo Colling, sj

Irmão Jardelino Menegat, fsc,

Irmã Soledade  Santos Freire, rss,

Irmã Hélia Inácia Monteiro, fma,

Irmã Verônica da Silva Maciel, ifa.

Irmão Edgar, ao falar do tema: TEOLOGIA DA VIDA RELIGIOSA CONSAGRADA, iniciou com questionamentos a respeito dos desafios da VRC: Onde nos encontramos? Citou anemia evangélica. Qual o futuro da VRC? Horizonte e Prioridades 2019-2021. A partir desses pontos, desenvolveu a reflexão, chamando atenção: 1. Para que a VRC interpele, encante, seduza e seja testemunho do Reino, necessitamos de qualidade evangélica. 2. Estamos numa época em que os símbolos, para serem lidos e entendidos, precisam ser muito vivos. Precisamos ser proféticos e vivos evangelicamente.

Na sequência, foram realizados trabalhos em grupo, com as questões para refletir: 1.Como sentem a VRC/RS? 2. Apontar três debilidades na VRC/RS. 3. Apontar três potencialidades na VRC/RS. Com o conteúdo das respostas, mais o Horizonte e as prioridades da CRB Nacional, os grupos elencaram elementos para as ações da CRB/RS e a equipe de Reflexão fez a síntese e elaborou as ações para o triênio.

A Assembleia Formativa foi um momento significativo e relevante para a Vida Religiosa Consagrada da CRB/RS.

Além disso, verifique

Núcleo de Bagé – Estudo Bíblico

No dia 15 de maio de 2021, aconteceu um encontro virtual dos Religiosos do Núcleo …